Esperando nada

na minha mesa canetas espalhadas

muitas ideias sob a luz da janela

sozinho vejo a noite chegar

pra onde foram nossos sonhos?

um mundo tentando mudar

olha pra frente sem notar

que a grande mudança

sempre esteve ali a esperar

um segurar pra não viver

mas apenas evitar de perder

segurança de que?

se isolado esta pra ter

Muros altos formam ilhas

eu aqui de fora ando milhas

tentando ao léu entender

aonde está o perceber

bits e bytes, mil novas start ups

nenhum sentido em apps

onde foi que me perdi

talvez naquela encruzilhada

menos de você aqui

mais de nada sem sal

sonso desejo de sol

sem sede se afoga em si

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s